O QUE ESPERAR

Espere algo positivamente diferente.
Se esta é sua primeira vez, você pode esperar que a sua visita ao centro de quiropraxia Larmonie será diferente de qualquer experiência de cuidados de saúde que você já recebeu. Durante sua primeira visita, o quiropraxista irá explicar como podem ocorrer as disfunções nas articulação, como um ajuste quiroprático é usado para corrigi-las. Se você nunca foi ajustado antes, esta é uma ótima maneira de ter algumas de suas perguntas respondidas por um quiropraxista experiente, assim você sabe exatamente o que esperar. O quiropraxista irá responder a quaisquer perguntas ou preocupações que você possa ter antes de iniciar o tratamento.

Sua consulta, exame e ajuste.
Depois de uma consulta e exame, o quiropraxista irá determinar se você pode se beneficiar do tratamento quiroprático. Se assim for, você será ajustado em uma maca confortável desenvolvida especificamente para esta finalidade. Não se faz necessários nenhuma roupa especial, porém recomendamos que você use roupas leves e não restritivas para facilitar o tratamento.

Que estalo foi esse ?
O estalos que você ouve durante os ajustes, são as articulações liberando bolsões de gases. Um ajuste quiroprático remove as aderências que existem dentro e no entorno das articulações.

Quiropraxia é seguro ?
Estatisticamente, o risco do paciente é substancialmente inferior em comparação ao tratamento com medicamentos ou cirurgias. O tratamento quiroprático é regulamentado em países como EUA, Canadá e Austrália sendo reconhecido como extremamente seguro e eficaz. No Brasil, a quiropraxia está em processo de regulamentação. Para escolher um quiropraxia devidamente licenciado, é importante consultar o site da Associação Brasileira de Quiropraxia (www.quiropraxia.org.br).

O ajuste dói ?
Ajuste de Quiropraxia é um procedimento altamente controlado, que raramente causa desconforto pois são usados o mínimo de força e uma leve pressão. Usualmente, a maioria dos pacientes sentem alívio imediatamente após o tratamento.

Eu posso ficar dolorido depois de uma sessão ?
Cerca de 11% dos pacientes relatam dor semelhante ao início de um plano de exercícios. Beber
muita água, usar gelo por 15 mim no local pode ajudar a aliviar qualquer desconforto após a sessão.

Quanto tempo demora uma sessão ?
Isso tudo depende da duração e gravidade do seu estado, no entanto, a maioria das primeiras
visitas pode durar entre 30 – 45 minutos. As visitas de acompanhamento são muito mais rápidas e
duram aproximadamente 10-15.

Quantas sessões eu preciso fazer ?
No final da sua primeira visita, o seu quiropraxista irá determinar o melhor plano de tratamento para suas necessidades específicas. A freqüência em que você recebe o tratamento quiroprático é definida pelo julgamento profissional do quiropraxista e vai variar de indivíduo para indivíduo, dependendo de sua condição e objetivos. Assim como visitas regulares ao dentista são necessários para uma boa higiene dental, visitas de rotina a um quiropraxista são importantes para a função da coluna vertebral e manutenção da saúde.

Separamos as principais dúvidas sobre quiropraxia, confira abaixo.

  • O que é a Quiropraxia?

    A Quiropraxia é uma profissão na área da saúde que se dedica ao diagnóstico, tratamento e prevenção de problemas do sistema neuro-esquelético, ou seja, ao tratamento de problemas das articulações, músculos, tendões, nervos e outras estruturas, bem como os efeitos destas alterações sobre a saúde em geral.

  • Qual a idade ideal para o tratamento?

    Pessoas de todas as idades podem se beneficiar com o tratamento quiroprático, desde recém-nascidos até pessoas de idade bastante avançada. O tratamento, entretanto, é adequado a cada paciente com o emprego de técnicas específicas para cada idade.

  • Quais os principais problemas tratados pela Quiropraxia?

    • Dores de cabeça, enxaquecas e vertigens;
    • Dores no pescoço;
    • Dores entre as escapulas;
    • Dor intercostal;
    • Dor na lombar e dor ciática;
    • Hérnia de Disco;
    • Dor nos braços e pernas;
    • Síndrome do Túnel do Carpo;
    • Neuralgia e dormência;
    • Capsulite, bursite, tendinite, epicondilite;
    • Dor nas articulações, osteoartrose;
    • Fibromialgia;
    • Lesões associada a movimentos repetitivos – LER/DORT;
    • lesões esportivas;
    • Problemas de postura e escoliose.

  • Qual a causa desses problemas?

    As atividades comuns do dia a dia, os movimentos repetitivos e posturas viciosas podem fazer com que as articulações do nosso corpo, principalmente da coluna vertebral, percam seu alinhamento ou movimento normal. Isto é chamado de disfunção articular ou complexo de subluxação vertebral. Com o tempo, estas alterações podem afetar as vértebras, músculos e a função do nervo que passa entre as vértebras, além de poder levar a alterações degenerativas como a osteoartrose, por exemplo.

  • Como é feito o diagnóstico?

    O diagnóstico específico é feito após uma entrevista e exame clínico minucioso, que inclui análise postural, realização de testes ortopédicos e neurológicos e palpação cuidadosa de articulações, músculos e outras estruturas afetadas. Caso sejam necessários exames complementares como Raio-X, Tomografia e Ressonância Magnética, os mesmos serão solicitados. Estes dados são fundamentais para o tratamento apropriado.

  • Como é feito o tratamento?

    O tratamento é feito com dois objetivos: corrigir e prevenir problemas articulares. Após a realização do diagnóstico, é definido um plano de tratamento apropriado a cada condição. Existe diversas técnicas que foram desenvolvidas para restaurar a movimentação articular. O ajustamento, quando indicado, é muito específico e indolor. Com isto, normalmente, observa-se uma diminuição importante da dor, relaxamento muscular, aumento da mobilidade e restauração da função articular. Técnicas específicas para o tratamento das alterações musculares, como Trigger Points (ou “pontos gatilhos”) podem ser empregadas.

  • Qual a importância dos exercícios e das orientações posturais?

    A prevenção é uma parte muito importante do tratamento e permanecer em atividade é importante para pessoas com dores e problemas de coluna. Durante o tratamento, serão dadas orientações para exercícios específicos e de reabilitação, assim como instruções para corrigir e manter uma boa postura.

  • Quanto tempo leva a recuperação?

    O tempo de recuperação depende de vários fatores, como idade, estilo de vida e duração do problema. Outros fatores como tipo de trabalho, dieta, atitude e cooperação também são importantes. O início do tratamento requer visitas mais freqüentes que variam de uma a três vezes por semana, nas primeiras semanas, e esta freqüência vai se reduzindo à medida que há melhora e regressão do quadro clínico. É comum os tratamentos durarem entre um a três meses. O objetivo é que a recuperação ocorra no menor tempo possível.

  • Quais são os riscos?

    Como todo método terapêutico, os tratamentos realizados pelos quiropraxistas têm indicações e contra-indicações precisas. Quando realizados por profissionais qualificados os riscos são extremamente reduzidos.

    Ao procurar um quiropraxista certifique-se que ele/ela possua uma formação compatível com os padrões preconizados internacionalmente.

  • Como surgiu a Quiropraxia?

    A Quiropraxia surgiu em 1895 nos Estados Unidos, quando o pesquisador Daniel David Palmer começou a tratar pessoas através de manobras manuais, dando a profissão o seu nome atual. A Quiropraxia está hoje entre as três maiores profissões na área de saúde (Medicina, Quiropraxia e Odontologia) na América do Norte e Europa.

  • Como é a formação de um quiropraxista?

    Para ser um quiropraxista, com a responsabilidade de diagnosticar e prescrever tratamentos, é necessário submeter-se a uma rigorosa formação de nível superior. A Quiropraxia é, portanto, um curso de nível universitário com duração entre cinco anos e seis anos (5000 horas). O curriculum consiste em uma extensa educação em ciências biomédicas, métodos diagnósticos e prática clínica.

  • Onde são oferecidos cursos de Quiropraxia?

    As faculdades de Quiropraxia estão localizadas principalmente nos Estados Unidos, Canadá, Inglaterra, Dinamarca, Austrália, Nova Zelândia, África do Sul, México, entre outros.

    Há duas faculdades aqui no Brasil, uma em São Paulo, na Universidade Anhembi Morumbi e outra em Novo Hamburgo, no Rio Grande do Sul, na Universidade Feevale. Ambos os cursos foram implementados em associação com Universidades de Quiropraxia dos EUA.

  • Como é a Quiropraxia internacionalmente?

    Nos países onde a quiropraxia é regulamentada, como Estados Unidos, Canadá e vários países da Comunidade Européia e da Ásia, ela é integrada aos sistemas nacionais de saúde. A Federação Mundial de Quiropraxia (World Federation of Chiropractic – WFC), reconhecida e filiada a Organização Mundial de Saúde (OMS), é a organização que representa a Quiropraxia internacionalmente. Há cerca de 90.000 quiropraxistas em todo o mundo dos quais cerca de 65.000 encontram-se nos Estados Unidos.

  • E no Brasil?

    No Brasil, a Quiropraxia começou a se desenvolver em 1992, com a criação da ABQ – Associação Brasileira de Quiropraxia, que é reconhecida e filiada pela Federação Mundial de Quiropraxia (WFC). A ABQ tem cerca de 300 associados espalhados entre os vários estados do Brasil e 760 estudantes matriculados nas escolas.

[ voltar para a Página Inicial ]